Criador de sonhos

Entre livros velhos e gastos, páginas amarelecidas pelo passar dos séculos, repouso meu corpo exausto, entrego meus dedos ao firmamento. Liberto a alma, pairo sobre este momento. Entre a nuvem de estrelas, deixo a música do Universo tomar o meu sentimento. Envergo uma constelação, encarno uma figura mítica na forma de um deus qualquer.

Sopro a brisa dos ventos, que em suaves silêncio se propaga em teus cabelos longos. Afago teus pensamentos, aquecendo teu corpo com todos os sentidos que te desperto. Tu pressentes-me, sabes da minha chegada a teu corpo e entrega-lo. Estendes teus dedos, que tomo como se fossem meus, percorro tua pele com tuas mãos, sentido em ti esse vulcão, em erupção.

Na aurora de um novo dia, sentes teu corpo por mim possuído, escorre-te na pele o suor dos meus gemidos, e teu rosto emana uma luz que provem da tua alma amada, de teu corpo saciado. Devolvo-te a ti própria, e deixo que este vento por ti aquecido, regresse comigo desta viagem galáctica. Acordo, entre meus dedos o livro dos sonhos tem agora preenchida mais uma página. Da tinta ainda fresca solta-se o perfume do teu corpo, a essência da tua alma.

10 comentários:

lia disse...

Página por página, conto por conto, constróis os sonhos de uma vida, entretecida de palavras cheias de aromas só teus. Quem te lerá os livros, quem acordará contigo os seus sentidos, quem te dará letras para tais canções, quem te acolhe em páginas as emoções? Uma diva escolhida entre as mais prendadas do olímpo... uma musa que te extrai sons de lira aos teus arpejos, uma tágide.

angela disse...

Obrigada pela visita.
Adorei seus textos.
abraços

Úrsula Avner disse...

Venho ao teu cantinho para conhecer um pouco de ti e agradecer pela visita gentil. Depois volto com calma. Um abraço.

sereia encantada disse...

Lá onde a sinfonia dos astros nos embala, sente-se de novo a explosão dos sentires e dos sentidos...

São reforçadosos votos de Amor Incondicional e oferecido ao Mundo essa grande dádiva!

Dessa União Mágica e sublime nascem novas estrelas...

Ao corpo, restam apenas pequenos e doces prazeres...

Layara disse...

Peles suadas
Almas extasiadas
Palavras brotadas
Dos uivos
Sussurrados
Clímax que ecoa
Além das eras.


Um beijo Lilás!

Bruma Artio disse...

Sim, há tantas coisas que desconhecemos.
Você está coberta de razão.
Obrigada pela visita minha linda, e parabéns por esse blog tão lindo!
Um suave bater d'asas.

Tibes ;* disse...

Adorei seu texto!

o Nosso cAstelo disse...

tens um 'desafio' de fantasia lá no Nosso cAstelo, caso te sintas inspirado a aceitar...bj

http://princesadragao.blogspot.com/2009/06/fantasia.html

Úrsula Avner disse...

Olá meu caro, texto bonito e expressivo. Obrigada pelo carinho de sua visita. Um abraço.

mariab disse...

palavras de muita beleza e sensualidade. gostei muito.~
beijos