Caminhos

Velei as tuas vidas desde o início dos tempos, caminhei a teu lado cada dia, lutei nas guerras que eram tuas, curei tuas feridas, dancei com a tua felicidade, ri com o teu sentido de humor, amei contigo tentando sentir os teus prazeres. Mas, não podia sentir, tocar, abraçar-te, apenas te protegia, segurava-te e defendia-te durante os teus dias, levava-te comigo a voar em sonhos durante a noite.

Conheci-te em vários corpos, foste tantas mulheres, tantos destinos, a mesma alma, o mesmo sentido, o mesmo amor. Correste o planeta em busca do que carregavas contigo, cruzaste mares na incessante descoberta do amor perfeito. Deste vidas, entregaste teus corpos em portos duvidosos, pereceste e nasceste de novo. Foste vencedora e derrotada, mulher querida e abandonada, delicada, maltratada.

Segui-te para todo o lado, meus passos precediam os teus, meu espírito caminhava de mãos dadas com o teu, amei-te como nunca nenhum homem poderia fazê-lo, bebi da tua essência de mulher o néctar do Olimpo, mas não podia sentir o teu corpo em mim. Foste a paixão de uma eternidade, mulher dos meus próprios sonhos, musa, Deusa idolatrada que fielmente adorava.

Hoje continuo a seguir-te, já não tenho asas e posso sentir-te, já não velo teus sonhos, mas crio-os com as palavras que aprendi de ti, séculos atrás de séculos. Hoje sigo o teu perfume, o gosto da tua pele, o prazer do teu corpo, percebendo na sensibilidade dos teus sentidos a mulher que um dia caminhou na eternidade a meu lado.

21 comentários:

Angel disse...

Almas eternamente apaixonadas..gostei muito deste texto...beijinhos com muitos Sonhos para ti..

anabelarmina disse...

e agora?não sei que dizer.
bj

Marta disse...

Porque há ainda magia....
Palavras com significado profundo...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Moonlight disse...

A cada escrita tua me encanto cada vez mais...
Um amor fiel e eterno!

Um bj com luar

Dri Viaro disse...

Boa quarta feira :)
bjs

Layara disse...

Depois comento, agora me calo
e deixo que o silencio fale, apenas li e vou ler novamente, agora somente me calo.

[supera-se...Preciso também ver cachoeiras e banhar-me nas águas que purificam)

Beijos do meu Horizonte!

Olhos e pensamentos disse...

VC se supera, como nos entende tão bem...coloquei um link de seguidores no meu blog..bjs

sereia encantada disse...

Simplesmente Magnifico...Querido Anjo-da-Guarda.
Obrigada por velares por "nós".

sereia encantada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lia disse...

Uma grandeza de amor... que sabe dar as suas própria asas e deixar voar, sabe dar sonhos e fazer sonhar, sabe ser, sabe estar, sabe dar. Só não soube aceitar, deixar-se perder nas asas de um sonho oferecido, apesar de desconhecido. Só não soube confiar na eternidade.

angela disse...

que lindo sonho de amor eterno.
beijo

Graça disse...

Belo este caminhar pelas palavras. E saber dizê-lo, como tu, é uma arte!


Beijo meu

Feiticeira disse...

Antes de mais nada, perdoe-me a invasão, mas já que aqui estou vou dizer o que penso
Amor que é amor de verdade não é sofrido, é sim alegre, colorido, harmoniso, traz paz
Amor sofrido é aquele que por vezes teimamos em sentir, mas que no fundo não é amor, é medo de estarmos só, mede de recomeçar, medo de dizer não

Se me convidares volto para aqui estar com tempo, ler-te, hoje vim de sopetão, só pra dizer o que penso

Beijinhos, bons sonhos

Delirius disse...

"Velei as tuas vidas desde o início dos tempos...

Conheci-te em vários corpos, foste tantas mulheres, tantos destinos, a mesma alma, o mesmo sentido, o mesmo amor...

Segui-te para todo o lado, meus passos precediam os teus, meu espírito caminhava de mãos dadas com o teu, amei-te como nunca nenhum homem poderia fazê-lo, bebi da tua essência de mulher o néctar do Olimpo, mas não podia sentir o teu corpo em mim. Foste a paixão de uma eternidade, mulher dos meus próprios sonhos, musa, Deusa idolatrada que fielmente adorava...

Hoje continuo a seguir-te..."

És fascinante!
Beijo.

Macaires disse...

Todos nós já pensamos como a eternidade seria bem vinda, mas acho que seria um equívoco, a essência da vida esta no nascer, envelhecer e morrer, tudo isso podendo desfrutar dos prazeres do viver ao lado de quem amamos, sentindo, tocando, vivenciando!

Texto belíssimo!
Um beijo!

Sandra Timm™ disse...

Era exatamente isso que eu precisava ler.

Obrigada!

Beijo

Sereia Azul* disse...

Não há distância quando as almas gémeas se sentem...
Há perfumes que inesquecíveis que se propagam na memória do tempo, há caminhos de seda, rumos paralelos que um dia se voltarão a cruzar no oásis do sonho.
E as asas não se perdem...

Whispers disse...

'''Hoje continuo a seguir-te, já não tenho asas e posso sentir-te, já não velo teus sonhos, mas crio-os com as palavras que aprendi de ti'''
Pouco ou nada sera preciso dizer,neste bocado do teu poema esta escrito o que e o verdadeiro amor

Mil beijos
Rachel

segredo disse...

Teu texto faz nos acreditar em almas gemeas... acreditar no amor no mais puro e profundo k pode existir.
Beijinho de lua*.*

BorboletaDistraída disse...

Respirei fundo por varias vezes e absorvi cada palavra tua. Um texto envolvente até á ultima palavra. E é assim que fico sem palavras.


Beijos

EDUARDO POISL disse...

Pensamos demasiadamente
Sentimos muito pouco
Necessitamos mais de humildade
Que de máquinas.
Mais de bondade e ternura
Que de inteligência.
Sem isso,
A vida se tornará violenta e
Tudo se perderá.
(Charles Chaplin)

Hoje passando para desejar um final de semana com muito amor e carinho.
Abraços do amigo Eduardo Poisl.