Chamas eternas

Na sede que os lábios seguram, sente-se o gosto pleno da tua língua, ainda húmida que meu corpo percorre. No silêncio calado da boca, que entre aberta, a tua espera, seguro os gemidos que não liberto. Sustento nos braços o teu corpo que em vagas de mar se envolve em mim, percorrendo cada poro da pele, perfumando o corpo das essências do prazer. Sigo os percursos que me ofereces, humedecendo-te os sentidos com desenhos em tua pele definidos.

Sulco os mares do teu delírio, colhendo o sal do teu suor, reflexo deste intenso amor que nos corpos culmina, como vela que ao vento ilumina o céu que a noite escura domina. Nas asas de teus braços, sou pássaro em vou picado, que por teu ventre descende em piruetas de prazer, vontade de teu corpo beber, como néctar divino que sobre meu corpo derramo. Com minhas mãos tua fúria domino, como vela em proa de navio, enfrentando a tempestade da luxúria.

Na atmosfera aquecida pelos corpos em chamas, rasgo o vento com os dedos, teu corpo inflamo, como eterna chama que a pele te queima, nesta ardente fogueira que em nossos corpos se derrama. Vibrações, que em frenesim se transformam, almas que se fundem num único sentido, êxtase, explosão, emoção e silêncio, ofegante respiração que exala o prazer deste momento.

Música para este texto.

37 comentários:

anabelarmina disse...

almas que se fundem num único sentido
intenso e belo como sempre.bjs

Garota Karioka disse...

Olá,
Obrigada pela visita!
Sempre devemos recomeçar. É isso que eu farei!
Adorei o vídeo, perfeito!
"Muda de vida se não tiver satisfeito..."
Vou seguir este conselho!
Bom fim de semana!
Beijos, beijos!

Nívea disse...

sensivel e muito inteso.. como sempre encontro nas suas linhas.

gostei especialmente da tempestade da luxúria... eterna chama que a pele te queima, nesta ardente fogueira que em nossos corpos se derrama.


o sentimento não pode parar.


beijos

Chica disse...

Lindo e sempre apaixonantes teus versos.beijos, tudo de bom e lindo fim de semana,chica

Livinha disse...

Fogo que não se apaga,
chama que arde sem doer,
esse amor eterna chama,
chama eterna que meu amor
em brasa clama....

Maravilhoso texto
como sempre
Parabéns!

Lindo fim de semana
Bjss

Secreta disse...

Sublimes as tuas palavras, sempre.

BEL disse...

Lindo,muito intenso dá gosto vir aqui
beijos

Bel

Anne Lieri disse...

Que maravilhoso e apaixonado texto!Adorei te ler!Bjs,

Rita da Maçaroca disse...

:O consegue sempre surpreender-me.
Esta mesmo apaixonado :)

♥ Ariadne ♥ disse...

Vou resumir o q eu li:

INTENSO...

Um beijo, Ari...

wcastanheira disse...

Um belo poema, vc abusa na performance do romantico, parabéns, é mto instigante andar por aqui, inspira, organiza o pensamenta, abraços

Elaine Barnes disse...

Sempre um bálsamo de amor, gostei dessa frase:" No silêncio calado da boca, que entre aberta, a tua espera, seguro os gemidos que não liberto. " Intenso e forte, Amigo senti sua falta no primeiro ano do meu blog. Seu link está lá na árvore bloguealógica. Enfim, valeu! bjs

Abstrata disse...

Obrigada pela visita

Gosto do que escreves, sempre venho por aqui...

Abraço

Uma aprendiz disse...

Obrigada pela visita.

Gostei daqui. Vou te seguir.

abraço e bom fim de semana

maria teresa disse...

Passei por cá e continuo com a mesma opinião de sempre: excelente
Abracinho

A Itinerante - Neiva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
paula barros disse...

De uma intensidade ímpar.

Adorei o - Sulco os mares do teu delírio.

abraços

angela disse...

Como deslisa tão suavemente pelas palavras? Pura sensualidade.
beijos

PSICO? LÓGICO! disse...

Parabéns pelo belíssimo texto e pelo blog! É puramente encantador...

Estarei por aqui!!!

Um enorme abraço fraterno!
Adriana Pimentel

Nina disse...

Extraordinário...de uma beleza apenas possível pela escrita sem máculas.
bji e muitos parabéns (juro que, apesar da minha profissão, não costumo julgar ninguém, mas aqui, neste teu cantinho, é tudo tão harmonioso, que não poderia deixar de o registar.)
Obrigada pela partilha.
bji

Sereia disse...

Bom dia amiga.
Adoro esse cantinho...
Amei a música também...
Amiga,me ajuda a colocar essa caixinha de som no meu blog,estou pedindo para todo mundo.Eu já tentei mas ela fica enorme e pela metade...
Vc pode me ajudar?Meu blog está triste sem som.
Bjssssssssssssssssssssss

A.S. disse...

As tuas palavras... são doces caricias!...


Beijos!
AL

Higor disse...

Lindo verso

Antonio saramago disse...

Ainda tens a chama do AMOR dentro de ti e ainda vais viver outro grande amor!!!

Silvana disse...

"Na atmosfera aquecida pelos corpos em chamas, rasgo o vento com os dedos, teu corpo inflamo, como eterna chama que a pele te queima, nesta ardente fogueira que em nossos corpos se derrama. Vibrações, que em frenesim se transformam, almas que se fundem num único sentido, êxtase, explosão, emoção e silêncio, ofegante respiração que exala o prazer deste momen"

palavras que arrepiam o coração, coisas que se sentem ao ler :)
lindo mesmo.

SILVIA disse...

Disfruto, me emociono y adoro cada una de tus palabras amigo mio. Como siempre, una vez mas: hermosos versos.
Mil besitos!!!
PD: Gracias por los animos recibidos.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O sábado quase acabando e eu aqui escutando Feist... a música é tão linda que resolvi compartilhar...

http://www.youtube.com/watch?v=bj1w0vxCC2w

Que sua noite seja de luz.

Rebeca

-

cativa.sub disse...

êxtase, explosão, emoção e silêncio!!
Delícia!
beijos de mel
cativa.sub
ex íSIS

✖ Juuh [♥] ✖ disse...

Lindo...*-*
Profundo e apaixonado...
Intenso e emocional...
Amei muito...
[Esperando o próximo post *-*]
Bejãoo

Irene Moreira disse...

Bom Dia! Obrigado pela visita na Vitrine de Sonhos e estou aqui extasiada por tão lindo e apaixonante texto ..."Sulco os mares do teu delírio, colhendo o sal do teu suor, ..." sublime. Beijos

Juliana Dias disse...

Lindo o texto. Encantador!

Lily Quel disse...

Ao mesmo tempo em que há essa fusão de almas em um só sentido, também sinto a individualidade dessas sensações, a forma como sempre há a definição do outro e o que esse outro provoca no eu lírico, uma visão em primeira pessoa do singular, não do plural!
Como sempre, texto cheio de feeling!
"Peace, love and empathy"

Agatha disse...

Intenso e discreto do mesmo modo. Seu texto transborda desejo não se esquecendo da delicadeza do amor.

Um beijo.

Anita "Menina Flor" disse...

Lendo seu texto me deparei com minhas lembranças e pensei no meu amor. Beijos.

Daniela Filipini disse...

Maravilhoso!

Lilá(s) disse...

Como sempre SUBLIME!
Bjs

Celamar Maione disse...

Nada como vibrar , bebendo no corpo da pessoa amada !
Sim ao amor.
Beijos