Frágil sentir

Absorvo do silêncio o seu último grito. Prazer que em bocas calada suspendo. Falo nas letras que te escrevo e não digo, para não quebrar este momento. Perfumo com o gosto da minha língua a tua pele desnuda, persigo nos voos os teus sentidos. Moldo na areia molhada os sonhos que a praia vazia resguarda das ondas da vida. Escondo, sob os lençóis de cetim a luxúria por nós sentida nas noites da vida. Afago teu rosto que sob minhas mãos adormece.

É silente este instante, em que há porta de um novo universo aguardo a tua chegada. Na brisa deste vento que transita entre mundos diversos, solto aromas de palavras escritas no ar que nos percorre o corpo. São afagos que minhas mãos libertas esparjam sobre teus contornos suaves. De asas aberta percorro o abismo que como fio de navalha se ergue das trevas e corta o espaço entre vidas. Sem mácula percorro o gosto de teus lábios que num beijo encerro.

Desenho cada letra, como se de um alfabeto estranho se tratasse, e nas palavras coloco minha alma, escondida em cada traço negro na folha imaculada de papel. Em cada carta que te escrevo, meu corpo inteiro te entrego, como envelope que meus desejos esconde, como invólucro que nosso amor protege. Sou armadura que defende os golpes do quotidiano, sou abraço que em cama de penas teu desejo acolhe.

27 comentários:

- Sílvia • disse...

simplesmente brilhante.

Xanele disse...

Amore
adorei, bjsss Xan

M. Nilza disse...

Bom dia!!

Feliz com sua visita principalmente pq assim pude vir até este mundo de sonhos... Assim, senti e vi este espaço: suave, claro, bonito e sensível! A música completa o enredo.

Beijos

Marisa disse...

Tens uma escrita muito envolvente. Gostei muito :) Parabéns ♥ Passa no meu blog de acessórios e bijuteria. Espero que gostes e voltes mais vezes. Bjinho e obrigada. ♥

Mona Lisa disse...

Olá

Obrigada pelo que me fizeste reviver ao ler tão envolvente e sensível texto.

Bjs.

Lisa

angela disse...

Adoro a suavidade e a sensualidade de sua escrita, sinto como pluma plainando no ar.
beijos

Jéll C. disse...

Ah... A viagem ocorreu bem sim, Graças a Deus. ;D
Seus textos como sempre brilhantes. *-*
;**

Elaine Barnes disse...

Amar alguém que nos abre a porta de um novo universo realmente é maravilhoso. Lindo bjs

Blanca disse...

Verdade :P

Bjs!

Luiza M. Nogueira disse...

:)

Beijos!

Tania Girl disse...

amo suas palavras, elas têm encanto... é muito bom ler seus textos, bom mesmo!!
bjinhos

Sandra disse...

No desenho de cada letra vem acompanhado da elegria de escrever e dizer, que nós mulheres, somos belas e poderosas, por tudo aquilo que realizamos.

Deixo um carinho bem especial a vc. no blog da Curiosa, pela virtude que temos e o poder de desenvolver vários pápeis.
Passe lá e pegue.
É dado com muito crinho
Espero que goste.É feito com amor e ternura, para todas nós mulheres, que lutamos e superarmos os desafios..
Sandra

Reflexo d Alma disse...

Que lindo espaço!
Da vontade de ficar aqui....
Vim agradecer ter estado na no blog
e fico assim contente.
Bjins entre sonhos e delírios

Sandra Botelho disse...

docemente sensual...
Lindo e envolvente.
Bjos meus!

Bia disse...

Muuuito lindo , aliás seus posts sempre me deixam super encantada com tanta beleza , com tanta suavidade nas palavras (:

HELENA AFONSO disse...

MUITO BELO ESTE TEXTO..... GOSTEI!
HELENA

ROSANA VENTURA disse...

Passei para retribuir a visita e olha que Blog mais lindo eu achei!
Bjos!

Linda disse...

Olá!
Adorei a sua visita! porque através dela eu pude conhecer o seu blogue, com belos textos e uma linda música que por momentos me transmitiu tudo do que preciso para viver, que é: Paz e tranquilidade, muito obrigada...
Linda

Jυℓyαnα ツ disse...

"Desenho cada letra, como se de um alfabeto estranho se tratasse, e nas palavras coloco minha alma, escondida em cada traço negro na folha imaculada de papel. Em cada carta que te escrevo, meu corpo inteiro te entrego, como envelope que meus desejos esconde, como invólucro que nosso amor protege. Sou armadura que defende os golpes do quotidiano, sou abraço que em cama de penas teu desejo acolhe..."


Não sei porque ainda me surpreendo ao encontrar aqui tão perfeita sintonia entre texto e música...
Perfeito *-*


Bejãooo ;*

Lilá(s) disse...

O encanto e suavidade das palavras!!! e gosto do novo visual...
Bjs

anabelarmina disse...

Em cada carta que te escrevo, meu corpo inteiro te entrego, como envelope que meus desejos esconde, como invólucro que nosso amor protege. Sou armadura que defende os golpes do quotidiano, sou abraço que em cama de penas teu desejo acolhe.
imensamente belo.bj

Lara Amaral disse...

Preparas todo o ninho e amas.

Lindo texto!

Parceiro e Amigos do Blog disse...

Lindo , e ainda com musica ficou perfeito!
bjs

Letícia Alvares disse...

Lindo texto... sensível, analista... gostei! :D

Me sinto exatamente como você falou, de asas abertas cortando o vento do abismo.. uma Ismália, talvez, à procura de algo que não se sabe o que é.

Filosofias à parte, agradeço a visita, já é de casa, pode aparecer sem marcar hora. ;)

Vou seguindo aqui... beeijo!

Livinha disse...

Sentimentos desnudo, desejos reciprocos, homogeneo corpos que se misturam...

Livinha

lagrima disse...

Sting... um espelho de doçura, tal como tu.
As tuas letras têm um encanto muito próprio:
"Desenho cada letra, como se de um alfabeto estranho se tratasse, e nas palavras coloco minha alma, escondida em cada traço negro na folha imaculada de papel. Em cada carta que te escrevo, meu corpo inteiro te entrego, como envelope que meus desejos esconde, como invólucro que nosso amor protege. Sou armadura que defende os golpes do quotidiano, sou abraço que em cama de penas teu desejo acolhe"

Um beijo.

Sanzinha disse...

"Sou armadura que defende os golpes do quotidiano, sou abraço que em cama de penas teu desejo acolhe."

Que lindo isso.
Lindo mesmo.

Beijão!